Atualizado em 29/08/2019 às 14h.

Mais de 15 universidades públicas já recusaram o projeto “Future-se”, programa criado pelo Ministério da Educação (MEC) no Governo do Bolsonaro. Entre elas são, a Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet/RJ), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Federal do Pernambuco (UFPE), Universidade Federal do Cariri (UFCA) e Universidade Federal do Vale São Francisco (Univasf), as demais universidades ainda não se pronunciaram.

Até às 15h desta quinta-feira (29), o Ministério da Educação recebeu 58.697 cadastros e 20.207 comentários sobre pontos da proposta foram registrados na consulta pública. O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) será a primeira instituição de ensino público em aderir ao programa do Governo Federal.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here