Atualizado em 15/11/2018 às 14h.

No dia 14 de novembro de 2018, uma postagem em nossa programação causou interpretação equivocada entre os nossos leitores. Viemos, por meio desta, explicar o que se trata da postagem feita pela equipe do Portal Nacional da Educação (PNE), conforme a imagem da publicação nas redes sociais (abaixo):

Internautas fazer interpretações equivocadas nas redes sociais do Portal Nacional da Educação, referente a prova de redação do Enem 2018 – Reprodução: PNE/Facebook

Após a publicação da manchete, uma conta criada no Instagram, com o nome “Como fazer redação”, fez repercussão negativa com linguagem ofensiva e todos os membros e contas foram bloqueadas das nossas redes sociais, por romper com as Políticas de Privacidade das nossas redes sociais, através da conta do Instagram.

Conteúdo ofensivo não são permitidos nas redes sociais do Portal Nacional da Educação (PNE) e equipe se retrata em referente a notícia – Reprodução: Instagram.

A publicação da manchete, se refere aos candidatos que faltaram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no primeiro domingo, dia 04 e, também se refere uma projeção de uma possível quantidade de candidatos com nota zero. As informações foram feitas, baseadas nos dados da Coletiva de Imprensa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) às 20h do dia 04 de novembro na capital federal (Brasília/DF).

O nosso intuito acima de tudo é levar informação para sua timeline de forma criativa e espontânea, através do Facebook, Instagram, Twitter e no WhatsApp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here