Publicado em 27/03/2021 às 21h20 – Atualizado em 28/03/2021 às 14h47.

Durante aula virtual, o professor do curso de Física da Universidade Federal de Goiás (UFG), José Ricardo Sabino debocha do número de vítimas provocadas pela pandemia do novo coronavírus (covid-19) em todo o território brasileiro.

Na gravação da aula virtual, veja as declarações mencionadas pelo docente:

Você vai me chamar de genocida, mas, as pessoas morrem, sabe. as pesoas morriam antes da pandemia. há indícios de que as pessoas morriam antes. há índicios de que não havia UTI ANTES DA PANDEMIA (COM RISOS), Eu acredito, na minha opinião, não li em lugar nenhum, mas eu coleto as informações como elas estão expostas. Estão dizendo que agora tem que usar duas máscaras, quatro máscaras, mas se uma não funciona, por que duas vão funcionar, por que quatro vão funcionar? Então não é a máscara, SEGUNDO O PROFESSOR DO INSTITUTO DE FÍSICA.

Assista o vídeo na íntegra:
Até às 21h05 (horário oficial de Brasília) deste sábado (27), o Brasil registrou mais de 12 milhões de casos confirmados e mais de 307 mil vítimas fatais de covid-19. 
Nas redes sociais, várias pessoas estão comentando sobre o assunto:

Procurado pela equipe de reportagem, a UFG ainda não enviou nenhuma nota oficial acerca sobre as declarações do professor do Instituto de Física (IFI).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here