Atualizado em 26/06/2018 às 19h.

Universidade de Rio Verde (Univr), campus de Rio Verde (GO), está apurando uma denúncia anônima de uma questão supostamente com teor homofóbico, a questão e a prova foi aplicado para 67 universitários do 5ª período do curso de Medicina (clínica cirúrgica) na semana passada, segundo os estudantes da IES.

Questão de prova vira alvo de denúncia contra a homofobia em Goiás (Reprodução: UNIRV).

O enunciado da questão afirma que o paciente Davi, de 24 anos, estava com abscesso na nádega “e seu noivo serelepe, ao ver aquele quadro horroroso, ficou tresloucado e furou o abscesso com espinho de limoeiro em um movimento rodopiante de bailarino, imitando um beija-flor”, de acordo com a imagem acima.

Em nota oficial da Universidade de Rio Verde (Campus de Rio Verde), lamenta e repudia veemente qualquer manifestação desrespeitosa quanto a diversidade de gênero e religiosa e o uso de palavras e expressões que atentem contra princípios éticos, morais, culturais e pedagógicos, segundo a nota enviada da reitoria.

Assessoria de Comunicação Social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here