Portal da Educação rejeita a homeschooling nas Unidades Federativas do País

0
272

Atualizado em 18/08/2018 às 23h30.

Supremo Tribunal Federal (STF) julgará se proibi ou da sinal verde para a regulamentação da “homeschooling” de número 888815 (Recurso Extraordinário), conhecido como, educação domiciliar. O julgamento está marcado para o dia 30 de agosto, pela Ministra do STF (Carmem Lucia) na capital federal – Brasília (DF).

A proposta visa que a educação das crianças sejam feita em sua própria residência, e perdendo a cultura de ir para um escola pública ou privada.

Portal Nacional da Educação (PNE) rejeitou a regulamentação do homeschooling em todas as Unidades Federativas do País, nos seguintes casos:

  • Falta de fiscalização na educação domiciliar;
  • Aumento vegetativo de professores desempregados;
  • Despreparo na inclusão da criança no contexto atual da sociedade;
  • Fechamento de diversas escolas públicas e privadas;
  • Aumento do trabalho infantil e da evasão escolar;

Assessoria de Comunicação Social.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here