BELO HORIZONTE – Muitos ainda não sabem, mas as questões de Biologia no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 podem sim ser alteradas ou até mesmo guiadas por temáticas relacionadas à pandemia de Covid-19, conforme explica Fernando Amarante de Lima, o Professor de Ciências, Biologia e Coordenador do Ensino Médio no Colégio Academia, em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.

“Podem cair questões sobre profilaxia da Covid-19 em geral, como se evita a doença, o isolamento social, o porquê é importante o uso da máscara, o porquê da importância da vacina, como a vacina age no corpo e o porquê que ela é um preventivo ideal”, explica o especialista.

“E uma justificativa que pode aparecer é por conta do que chamamos de envelope lipídico, então quando você usa o sabão ou o álcool ele destrói e o vírus morre. Pode ser que pergunte sobre a morfologia do vírus também, bem como a respeito dos sistemas afetados, principalmente o sistema respiratório. Mas, como o vírus tem um amplo espectro dentro do nosso organismo e pode agir sobre vários sintomas, a prova pode mencionar problemas renais, problemas respiratórios, causa da morte e causa da intubação.”

Para José Vicente, Professor de Biologia do Colégio Arnaldo, em Belo Horizonte, é possível que haja uma cobrança sobre o assunto até mesmo como tema da redação. Mas, no que tange a biologia em si, para ele, existe a possibilidade de ser cobrada, por exemplo, questões relacionadas ao ciclo replicativo do Sars-Cov-2. Porém, ele alerta: “Alguns conteúdos nunca são abandonados. É impressionante. Por isso, vale a pena ficar atento as questões de ecologia, pensando sempre nos ciclos biogeoquímicos, problemas ambientais e ações antrópicas. Ecologia todo ano cai, e tendo o maior número de questões na prova, inclusive.”

“Vale a pena pensar na genética também, na qual a biotecnologia tem sido muito abrangida. Questões relacionadas a programas de saúde, parasitologia, pensando em virose e com ênfase na Covid-19 também. A fisiologia humana nem é tão cobrada de forma direta. Mas, se quiser se basear, pense nos sistemas digestório, endócrino e cardiovascular. A botânica e a zoologia não têm sido tão cobradas nos últimos anos, mas vale ficar atento nesses conteúdos. E sem esquecer também da bioquímica celular, questões sobre metabolismo energético, que é um dos assuntos mais difíceis da biologia, fotossíntese e respiração”, enfatiza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here